Para crescer, DMCard emitirá até R$ 200 milhões em debêntures



DMCard fará captação inédita de R$ 200 milhões em debêntures.

A DMCardmaior administradora de cartões private label para redes supermercadistas – anunciou que vai emitir até R$ 200 milhões em debêntures para assegurar o crescimento do grupo nos próximos meses. De acordo com o Grupo DMCard, para emitir as debêntures foi constituída uma nova empresa, a DMCard Securitizadora S/A, cuja principal controladora é a DMCard Cartões de Crédito S/A.

A DMCard é a primeira emissora e administradora de cartões com nicho específico (redes de supermercados) a emitir debêntures como forma de captar crédito no mercado.

A captação de até R$ 200 mil será feita pela XP Investimentos em conjunto com a Pátria Investimentos, podendo a debênture ser ofertada no mercado em vários bancos e instituições financeiras.

A administradora é líder na emissão de cartões private label para redes de supermercados, que podem oferecer aos seus clientes um cartão de crédito de marca própria e cujo limite só pode ser utilizado no estabelecimento. O produto traz fidelização para a marca e, ao mesmo tempo, facilidade de pagamento para os clientes que não possuem cartão de crédito ou então que desejam obter as vantagens do cartão próprio do supermercadista.

DMCard investe para ajudar as redes de supermercados

Durante a pandemia, a DMCard tomou várias ações para ajudar os seus clientes, que não redes de supermercados, a empresa foi na contramão do mercado e começou a antecipar as vendas para os parceiros varejistas.

Vale lembrar que nos bancos tradicionais o movimento tem sido o aposto, ou seja, as empresas estão dificultando o acesso ao crédito antecipado para, assim, minimizar os riscos, o que acaba “travando” o crédito no mercado e colocando as pequenas empresas em uma situação crítica.

Além de antecipar o valor das vendas com cartões para os varejistas, a DMCard também anunciou recentemente uma iniciativa solidária, a administradora – em parceria com a Rappi – está ajudando os varejistas a venderem pela internet através do aplicativo, tal parceria ainda prevê até três meses comissão zero sobre as vendas.

Como o cartão private label da empresa não é aceito no Rappi, a ação de impulsionar as vendas pela internet dos supermercados não favorece a DMCard, mas ajuda os varejistas a impulsionar as vendas através do serviço de delivery o que acaba beneficiando todo o setor.

A empresa ainda não divulgou o quanto pagará aos investidores pelo “empréstimo” via oferta de investimento.





Secured By miniOrange