Compra parcelada mas valor total da compra debitado do limite do cartão

Limite de crédito funciona como uma margem de gastos. Não importa se a compra é parcelada ou à vista, o valor total da compra sempre deve ser considerado.

Dúvida do leitor: “Eu fiz uma compra hoje e parcelei em 12x sem juros no cartão de crédito. Porém, o valor que foi tirado no meu limite crédito foi o total da compra (à vista) e não a parcela. Isso é normal? O que fazer?”

A dúvida do nosso leitor anônimo é muito comum entre as pessoas que começaram a usar recentemente o cartão de crédito. Muita gente acaba pensando que em caso de compra parcelada apenas o valor da parcela é que será subtraído no limite e não o valor total da compra. O que poucos sabem é que, independente da compra ser ou não parcelada, a administradora costuma pagar o estabelecimento à vista, quem paga parcelado é o cliente para a administradora.

Limite do cartão de crédito funciona como uma margem de gastos, limitando até onde o consumidor pode gastar, considere sempre o valor total da compra e não a parcela.

Limite do cartão de crédito funciona como uma margem de gastos, limitando até onde o consumidor pode gastar, considere sempre o valor total da compra e não a parcela.

Independente da compra ser parcelada ou à vista, o VALOR TOTAL da transação é que será deduzido do limite de crédito. O limite do cartão de crédito significa uma margem de gasto que o banco ou administradora do cartão disponibiliza para o cliente gastar.

Cartões com limite exclusivo para compras parceladas – Existem também os cartões que oferecem mais de um limite – um para compras à vista e outro para parcelamento – tal como o HiperCard, neste o valor total da compra parcelada é descontado do limite exclusivo para compras parceladas. Note que sempre é o valor total da compra que é deduzido do limite.

Caso o limite de crédito não atenda suas necessidades, recomendamos que solicite um aumento para administradora ou então peça um cartão de crédito sem anuidade, neste site já ensinamos como solicitar cartões gratuitos como: Nubank, Intermedium, Digio, Santander Free, Saraiva, Petrobras, Submarino, etc.

Caso tenha transações parceladas o limite será recomposto de acordo com o pagamento das parceladas. Por exemplo, se comprou uma TV de R$ 2 mil parcelada em 10x de R$200,00, o valor total da compra (dois mil) será deduzido do limite total do cartão, mensalmente o seu limite será restituído em R$200 conforme for realizando o pagamento das parcelas, até que ocorra a quitação total da compra.