Nubank sairá do mercado se governo mudar regras de cartão de crédito

Governo quer que empresas de cartões paguem os estabelecimentos em até 2 dias úteis e não 30 dias como ocorre atualmente, o que aumenta o valor do capital de giro necessário para manter o negócio funcionando. Além disso, startup não cobra anuidade e funciona com uma margem de lucro baixíssima.

O Cartão de Crédito mais amado do Brasil, o Nubank MasterCard, anunciou que encerrará suas atividades caso o Banco Central do Brasil (BCB) confirme, nesta terça-feira (20), uma medida que prevê mudanças no prazo de pagamento aos lojistas. Hoje, as empresas de cartões de crédito possuem o prazo de 30 dias para pagar os estabelecimentos, a nova regra altera o prazo para apenas dois dias úteis.

Nubank MasterCard

Nubank é o cartão de crédito mais moderno do mercado, gerenciado 100% pelo celular. (divulgação)

A série de mudanças foi anunciada pelo Governo Federal como uma medida para impulsionar a economia e ajudar o país a sair da crise e incluem:

Permitir que os estabelecimentos diferenciem o preço de acordo com o método de pagamento, assim, comprar no cartão poderá sair mais caro!

Todas as mudanças poderão impactar no mercado da startup. A medida mais polêmica é a que diz que as administradoras de cartões deverão pagar os estabelecimentos em até 2 dias úteis, essa mudança poderá significar o fim não só da startup, mas também de todas as administradoras de menor porte.

Segundo a co-fundadora do Nubank, Cristina Junqueira, atualmente os clientes levam, em média, 26 dias para efetuar o pagamento das compras realizadas, tal diferença é causada pelo número de dias entre a data da compra e o vencimento da fatura. Se o cliente comprar na data de fechamento da fatura, por exemplo, ele terá até 40 dias para efetuar o pagamento. Caso a medida provisória seja aprovada a administradora será obrigada a pagar os estabelecimentos antes mesmo de receber o dinheiro do cliente, isso trará um custo adicional para todos os emissores de cartões.

“Mudar dramaticamente, reduzindo o prazo para dois dias úteis, seria apocalíptico para a gente”, reclamou. “Nós já fizemos algumas simulações. Com dois dias é apagar a luz e fechar a porta. Com 15 dias, a gente precisaria de quase um bilhão de capital adicional do dia para a noite”, disse a empresária deixando claro que qualquer alteração prejudicará a empresa e poderá significar no fim do negócio.

O Nubank MasterCard é um cartão de crédito gerenciado 100% pelo smartphone, ele não cobra anuidade, seu lucro vem de um pequeno percentual que é cobrado dos lojistas e dividido entre a administradora, máquina de cartão e a bandeira MasterCard. O capital de giro para manter o negócio se tornará insustentável.

Para os estabelecimentos a medida é benéfica, pois reduz o prazo para receber o dinheiro das vendas.