100% dos ônibus de São Paulo aceitarão pagamentos por aproximação



São Paulo será a primeira cidade do país a ter 100% dos ônibus compatíveis com cartões de crédito e débito em 2020.

A cidade de São Paulo terá 100% dos ônibus compatíveis com pagamentos por aproximação em 2020, afirmou o vice-presidente de desenvolvimento de negócios da MasterCard. O anúncio foi feito após um período de testes de três meses em mais de 200 ônibus da capital paulista.

A novidade deve ajudar a maior cidade do país a reduz os pagamentos em dinheiro nas linhas de ônibus e, consequentemente, reduzir a demanda pelos cobradores que ainda hoje estão presentes nas linhas municipais.

Pagando com cartão de crédito no ônibus em São Paulo

Catracas dos ônibus de São Paulo aceitarão cartões de crédito, débito e demais formas de pagamentos por aproximação (imagem: divulgação Prefeitura de São Paulo)

A tecnologia permite que o usuário do transporte público troque o bilhete único por um cartão de crédito ou débito que permita pagamentos por aproximação. Além disso, pode-se também pagar por celulares, smartwatches e outros dispositivos vestíveis que possuam a tecnologia NFC (Near Field Communication).

Durante o período de testes as empresas responsáveis pela bilhetagem do transporte público implementaram o limite de compra de até 5 passagens por cartão em um período de 30 minutos (limitado a 10 passagens por dia). Por enquanto ainda não há nenhuma informação se esse limite continuará existindo após o fim da fase de testes.

O custo da tarifa é a mesma do bilhete único comum, mas o método de pagamento tem a desvantagem de não permitir integração, sendo uma solução ideal para usuários esporádicos do transporte público.

Já para os usuários frequentes, que usam mais de um linha de ônibus no trajeto ou que utilizam outros modais de transporte (trem e metrô, por exemplo), o Bilhete Único acaba valendo mais a pena por permitir a integração e, consequentemente, reduz o custo ao usuário.

Em um futuro já se estuda a possibilidade de integração pelo número do cartão, mas, por enquanto, a tarifa é única e não permite integração com mais de um ônibus ou modais de transporte.

Além da prefeitura, os pagamentos por aproximação são estimulados pelas administradoras e bandeiras de cartões de crédito. Popularizar os pagamentos com cartões de crédito e débito nos ônibus motivou até mesmo a união da bandeira MasterCard e Visa em uma campanha publicitária pela adoção da tecnologia em São Paulo.





Secured By miniOrange