Limite de compra com cartão sem senha aumenta para R$100,00 no Brasil



Pagamentos por aproximação sem senha aumenta de R$50,00 para R$100,00 no Brasil.

A Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), divulgou que as empresas de cartões finalmente chegaram a um consenso quanto ao novo limite de pagamentos com cartões de crédito e débito sem senha. De acordo com a Abecs, o limite subirá de R$50,00 para R$100,00 em todos os pagamentos por aproximação.

Simbolo Contactless

Simbolo identifica máquinas e cartões que possuem a tecnologia Contactless.

Até então, apenas as transações por aproximação abaixo de R$50,00 eram dispensadas da digitação da senha. A partir de agora o consumidor poderá ser dispensado da senha nos pagamentos cujo valor total bruto seja de até R$100,00 (cem reais).

Nas transações por aproximação a senha será solicitada apenas nos pagamentos cujo valor seja a partir de R$100,01 (cem reais e um centavo).

Anteriormente, a expectativa é de que o novo limite fosse de R$120,00, mas houve uma grande divergência entre as empresas de cartões, que, no fim, decidiram por colocar o novo teto em R$100,00.

O limite só não aumentou mais pois muitos emissores estão preocupados com o aumento nas fraudes financeiras, visto que, em caso de fraude, o prejuízo fica com a administradora caso o pagamento não seja autenticado com o uso da senha. Os pagamentos com a senha são mais difíceis de serem contestados pelo consumidor, pois o código funciona como uma “assinatura digital”.

A preocupação de algumas empresas é com relação ao aumento de golpes com maquininhas que poderiam tirar proveito da proximidade com os cartões dos consumidores, por exemplo.

AGILIDADE NOS PAGAMENTOS E MENOS CONTATO FÍSICO

Devido à crise sanitária, os pagamentos por aproximação ganharam um forte impulso no país, pois evitam que o consumidor tenha que inserir o cartão na maquininha e digitar a senha. O limite de cinquenta reais acabava por atrapalhar a experiência dos consumidores.

O consumidor que, no entanto, não quiser aderir ao pagamento por aproximação pode pedir ao banco ou administradora do cartão para que a função seja desativada. O Nubank, Banco Inter e diversas outras instituições já permitem que os consumidores habilitem ou desabilitem a funcionalidade pelo próprio aplicativo.

No Brasil a tecnologia começou a ganhar impulso em 2018 quando as bandeiras Visa e Mastercard anunciaram que todos os seus novos cartões deveriam ser emitidos com a tecnologia Contactless.

Com relação à segurança, o ideal seria que as empresas de cartões investissem na popularização de carteiras de pagamentos por aproximação como Apple Pay, Google Pay, Samsung Pay, dentre outros apps, pois eles tornam os pagamentos por aproximação mais seguros pois costumam exigir ao menos um meio de autenticação, que pode ser por biometria, FaceID ou senha, por exemplo.





Secured By miniOrange