Como fazer empréstimo pela maquininha de cartão



Maquininhas entram no setor de crédito e começam a oferecer empréstimo aos empreendedores.

No Brasil várias empresas de maquininhas têm apostado na oferta de produtos e serviços financeiros para elevar a margem de lucro, o empréstimo pessoal é um deles. Já é possível contratar um empréstimo por meio das credenciadoras de pagamentos, basta que o cliente entre em contato com a empresa para verificar se a linha de crédito já está disponível.

Algumas credenciadoras possuem linhas de crédito tanto para Pessoa Física quanto para Pessoa Jurídica (empresas), então vale a tentativa. Para concorrer com bancos tradicionais esssas empresas acabam oferecendo condições mais atrativas e com juros reduzidos.

Passando compra na maquininha de cartão

A diferentes meios para conseguir um empréstimo pela maquininha: antecipação de recebíveis, empréstimo pessoal e crédito com garantia de vendas.

Para quem vende bastante na maquininha pode ser até mais fácil conseguir um empréstimo pela credenciadora, pois ela poderá oferecer a antecipação de recebíveis, cuja taxa de juros costuma ser inferior à de um empréstimo, por exemplo.

Há ainda como usar as suas vendas com cartões como garantia, o que poderá reduzir ainda mais a taxa de juros e tornar esse tipo de empréstimo mais atrativo.

EMPRÉSTIMO SIMULANDO VENDA COM CARTÃO NA PRÓPRIA MAQUININHA

Além do empréstimo direto pelas credenciadoras, muitos clientes estão utilizando métodos obscuros para fazer o empréstimo usando a maquinha. Basicamente, a pessoa utiliza um cartão de crédito próprio e simula uma venda parcelada na maquininha.

Com isso consegue dinheiro na conta sem ter que pagar os juros de um empréstimo pessoal, por exemplo.

Tal técnica, no então, é considerado ilegal pelas credenciadoras e maquininhas de cartões de crédito, pois se trata de um autofinanciamento. Além disso, o CMN (Conselho Monetário Nacional) proíbe essa prática por, segundo o órgão, ameaçar o Sistema Financeiro Nacional (SFN).

Caso a administradora descubra que o cliente está simulando vendas na maquininha com o próprio cartão para postergar o pagamento da fatura ou obter um empréstimo “sem juros”, há o risco de ter cancelados o cartão de crédito e a maquininha, visto que tal ato viola o contrato e a política de uso dessas empresas.

Portanto, caso precise de um empréstimo e queira obtê-lo pela credenciadora, é bom entrar em contato com a própria empresa para verificar se a linha de crédito já está disponível. Geralmente, o empréstimo  legal pela maquininha é feito via antecipação de recebíveis e considera o valor das suas vendas nos últimos meses.





Secured By miniOrange