Cielo agora aceita pagamentos por QR Code do Mercado Pago



Cielo agora aceita o QR Code do Mercado Pago nas maquininhas, Cielo ID e Cielo Pay.

A Cielo fechou uma parceria com o Mercado Pago, tal novidade vai permitir que o aplicativo do MP seja aceito como forma de pagamento nas maquinhas da Cielo e também naquelas emitidas em parceria com outras instituições financeiras, tal como, Bradesco, Banco do Brasil, Banco Original, dentre outras.

Cielo QR Code Pay

Máquinas da Cielo agora aceitam pagamentos sem cartão via QR Code. Pague com seu aplicativo favorito direto na maquininha (divulgação / Cielo)

O Cielo QR Code já aceita pagamentos da concorrência, além do Mercado Pago, a credenciadora também possui parceria com o Bradesco, Next, Banco do Brasil, banQi (da Via Varejo), Alelo, dentre outros.

Foi ampliando o número de aplicativos compatíveis que a Cielo conseguiu atingir a marca de 1 milhão de transações processadas via QR Code, o que torna a solução da Cielo a mais popular do país.

CIELO FICARÁ COM 100% DAS TAXAS

A Cielo será a principal beneficiária do acordo com o Mercado Pago, isso porque a credenciadora receberá 100% das taxas cobradas dos estabelecimentos, o que torna a venda por QR Code mais lucrativa do que aquela feita com cartão, cujo valor é compartilhado entre a credenciadora, bandeira e administradora do cartão (a famosa taxa MDR).

O Mercado Pago ganha por ampliar o número de estabelecimentos comerciais em que o seu aplicativo é aceito como forma de pagamento, afinal a Cielo possui mais de 1,5 milhão de estabelecimentos comerciais habilitados a receberem pagamentos pela câmera do celular.

Além das maquininhas da Cielo, os pagamentos por QR Code através do aplicativo do Mercado Pago também vão poder serem utilizados no aplicativo Cielo ID e Cielo Pay; o que permite que os empreendedores eliminem a necessidade de maquininha, podendo vender através de um aplicativo pelo celular.

Diferentemente do iti do Banco Itaú que dá desconto aos estabelecimentos pelas vendas por QR Code (cobra apenas 1% e o dinheiro cai na conta em um dia útil), a Cielo cobra dos estabelecimentos o mesmo custo de uma venda à vista com cartão de crédito, cujo valor varia de acordo com o plano do empreendedor com a credenciadora.

Para o consumidor a novidade é mais prática, pois torna o ato de pagar tão simples quanto tirar uma foto, na maquininha é exibido um QR Code, aí é só abrir o aplicativo de pagamento e “ler” o QR Code e confirmar o pagamento pelo celular. Após confirmado o pagamento a maquininha identifica instantâneamente o pagamento e já emite o comprovante, tal como em uma venda tradicional com cartões.





Secured By miniOrange