Getnet agora é compatível com o QR Code do PicPay



Getnet agora aceita pagamentos por QR Code do PicPay, além do já aceito Way do Santander.

A credenciadora Getnet do Banco Santander começou a aceitar pagamentos por QR Code via PicPay em todas as suas maquininhas. A solução permite que o pagador utilize a câmera do celular para pagar em estabelecimentos, o que dispensa a necessidade de qualquer contato físico com a maquininha.

As máquinas da GetNet já aceitavam pagamentos por QR Code, mas o uso da solução estava limitado aos aplicativos do Banco Santander, tal como o Way, por exemplo.

Maquininha GetNet QR Code

Sem cartão e sem contato, maquininhas da Getnet do Banco Santander agora aceitam pagamentos por QR Code do PicPay. (imagem: divulgação Santander e Getnet)

A Getnet é a segunda credenciadora a aderir a aceitação de QR Codes da concorrência. A Cielo é empresa pioneira no setor, suas maquininhas já aceitam pagamentos por QR Code de dezenas de aplicativos, incluindo o de bancos concorrentes, tanto que foi a única a primeira credenciadora a atingir a marca de 1 milhão de transações pela tecnologia no Brasil.

Além das maquininhas emitidas pelo próprio Santander, a parceria deve ainda viabilizar a aceitação nas maquininhas emitidas em parceria com outras instituições financeiras do grupo, tal como a SuperGet

A ação da Getnet pode ser fruto de uma mudança de postura da credenciadora, que agora pode “abrir” a sua solução de pagamento pela câmera do celular para os aplicativos da concorrência.

Pagar por QR Code em máquinas da Getnet e SuperGet é bastante simples, o comprador avisa o estabelecimento que deseja pagar por QR Code, daí um código será mostrado no equipamento, aí é só abrir o aplicativo PicPay ou Way do Santander e concluir o pagamento usando a câmera do celular, tal como demonstrado no vídeo abaixo:

No aplicativo PicPay o pagamento pode ser feito através do saldo da carteira [cuja recarga pode ser feita via transferência bancária, boleto ou recebimento de outros usuários] ou ainda via qualquer cartão de crédito previamente cadastrado no app.

A vantagem de pagar por QR Code com o saldo do PicPay é que o aplicativo devolve ao pagador 5% de todos os gastos por meio do chamado cashback. Como se não bastasse essa economia de cinco por cento nos pagamentos o aplicativo ainda oferece uma conta gratuita e com rendimento automático superior ao da caderneta de poupança.

Resta agora torcer para que a Rede, do Banco Itaú, também siga os passos da Cielo e da Getnet e comece a aceitar os QR Codes da concorrência, só assim a tecnologia ganhará popularidade no Brasil.

Os pagamentos instantâneos do Banco Central, cuja previsão de lançamento é Novembro de 2020, devem padronizar a aceitação dos QR Codes em todas as maquininhas de cartões de crédito e débito caso o padrão de pagamento seja adotado por todas as credenciadoras.





Secured By miniOrange